E não deu

Não teve jeito. Na primeira bateria de hoje, em Puebla no México, deu Seat novamente. Na largada sueco Rickard Rydell, da Seat, saiu do quarto lugar  e pulou para a ponta. Durante toda a corrida ele suportou grande pressão do pole, o brasileiro Augusto Farfus Junior. Em terceiro ficou o outro piloto da BMW, Andy Priaulx, que fez uma bela prova. Durante a prova ele chegou a andar em quinto mas se recuperou.

O atual campeão Yvan Muller terminou a etapa no quarto posto.O alemão Jorg Muller acabou a prova em quinto, seguido pelo italiano Gabriele Tarquini que finalizou na sexta posição. O espanhol Jordi Gene somou dois ponto pelo sétimo posto, já o italiano Nicola Larini foi o melhor da Chevrolet em oitavo.

Acho que a BMW já pode começar a comemorar, já que esta conseguindo competir empé de igualdade com a Seat. Hoje ainda acontece a segunda rodada, as 18:50h, horário de Brasília.

Estou procurando um link para que eu possa ver a corrida ao vivo mas tá ruim de achar.

Esse post foi publicado em BMW, Esporte, Esportes, Seat, WTCC e marcado . Guardar link permanente.