Rapidinhas

Todo mundo já deve estar sabendo que a FIA mudou o sistema de pontuação da F-1. A partir do ano que vem, dez pilotos irão pontuar, ao invés de oito. A justificativa usada é que haverá mais carros no grid, de 20 para 26. A ordem de pontuação ficou assim: 25-20-15-10-8-6-5-3-2-1.

A justificativa usada pela FIA não entrou na minha cachola, pois antigamente tínhamos temporadas com muito mais carros e só pontuava os seis primeiros. Talvez a intensão seja apenas que mais equipes e pilotos possam pontuar no ano que vem. A diferença de pontos entre o primeiro e segundo colocado tem a mesma proporção que é utilizada hoje, basta fazer as contas.

Seria mais interessante se a diferença de pontos entre o primeiro lugar e o segundo fosse maior, valorizando ainda mais a vitória. Do jeito que a FIA fez ficou na mesma.

Kova, Trulli e o 3º piloto da nova Lotus. Não lembro o nome do rapaz, que é malaio

A noticia mais fresquinha de hoje é a dupla de pilotos anunciada pela Lotus. Trulli e Kovalainen serão os pilotos que alinharão os carros da equipe novata no grid. Acho que foi uma boa escolha feita pelo time malaio. São pilotos experientes que ajudarão a desenvolver o time, que esta começando do zero. Se trabalharem direitinho, talvez o time consiga fazer uma temporada digna.

E a novela Schumacher e Mercedes ainda não foi definida. A mídia internacional dá como certa a ida do alemão multi campeão para a equipe alemã, mas nada de anúncio oficial. Nick Heidfeld esta esperando essa definição sobre o futuro de Schumacher. Ele é o único que é contrário à volta de Schumacher, uma vez que Schumi entraria justamente na vaga que ele almeja. Corre o risco de ficar sem vaga na F1 do ano que vem. Se fosse ele já teria resolvido meu futuro. Rubens Barrichello é que fez bem acertando logo com a Williams, pois sabia muito bem que poderia passar por isso.

Abraços

Anúncios
Esse post foi publicado em Esportes, FIA, formula um, Heidfeld, Kovalainen, Lotus, Mercedes, Notícias, Notcias, Radipinha, Rapidinhas, Trulli e marcado . Guardar link permanente.