Lights in the Darkness: Rally Monte Carlo

A nossa seção que não tinha nome esta de volta. Mas desta vez ela esta com o seu novo nome de batismo: Lights in the Darkness. Tirando o Pipe, que por motivos óbvios preferiu o nome que ele deu para a votação(rsrsrs), todo mundo que deu o pitaco gostou do nome que eu sugeri. E para estreia do novo nome eu escolhi um evento clássico que poucas pessoas dão o valor merecido aqui no Brasil, mas que é reverenciado na Europa: o Rally de Monte Carlo.

As localidades por onde os carros passam são dignas de Oscar na categoria Fotografia e a quantidade de fotos disponíveis na web é bem grande. Por isso eu vou dividir em partes essa seção que vai mostrar as fotos do lendário rali. Excelente as fotos.

Então, para a primeira parte eu selecionei as fotos dos carros mais antigos. É claro que não vai agradar a todos neste instante, mas teremos a segunda parte recheada com os carros mais atuais.

Portanto, bom divertimento!

Makinen e seu Mini em 1965

Aproveitando a oportunidade, vamos falar um pouquinho deste rali. Ele foi criado em 1911 e é sempre organizado pelo Clube Automóvel de Mônaco, que organiza também o Grande Prêmio de F1. A prova acontece ao longo da Riviera Francesa no Principado de Mônaco e no sudeste da França.

Vic Elford deu um show com seu Porsche 911 em 1968

Como o rali acontece sempre no mês de janeiro, o tempo sempre prega peças nos pilotos. Lá você vai sempre encontrar pista seca, molhada, neve e gelo e até mesmo todos esses ingredientes numa única etapa. Por ter tantas variáveis, a escolha de pneus é questão de sensibilidade, pois os pneus para piso seco, de nada servem para a neve.

A Renault  Alpine 110 em 1971. Aqui no Brasil o carrinho é conhecido como Willys Interlagos.

Este rali possui uma das fases mais famosas e especiais no mundo. O estágio começa a partir de La Bollène indo para  Sospel, ou ao contrário, ao longo de uma estrada de montanha íngreme e apertada com muitas curvas em cotovelo. É neste percurso que os pilotos passam sobre o Col de Turini, que normalmente tem gelo ou neve. Uma curiosidade: os espectadores também jogam neve na pista, o que dificulta ainda mais a vida do piloto.

Aqui a galera não precisou jogar neve na pista.

Multidão fica esperando os carros passarem. Esses caras não sentem frio?

Há alguns anos, Turini também era disputado à noite com a presença de milhares de fãs, que vibram com a “Noite de Turini”, também conhecida como a “Night of the Long Knives” (noite das longas facas), por causa da luz forte dos faróis dos carros.

Até esse simpático Lada já andou no famoso rali.

Além da neve, gelo, asfalto molhado, cascalho e asfalto seco, o piloto tinha que encarar neblina. Realmente um grande desafio.

Hoje em dia o WRC não passa mais por lá, mas o IRC mantem a tradição viva nos corações dos fãs.

Espero que tenham gostado da história e das belas fotos. Na próxima eu coloco os carros mais recentes e suas longas facas.

Abraços

Anúncios
Esse post foi publicado em 911, Alpine, Andersson, Curiosidades, Elford, Esportes, IRC, Lada, Lights in the Darkness, Makinen, Mini, Pessoal, Porsche, Rally Monte Carlo, Renault, Renault 5 Maxi, WRC e marcado , . Guardar link permanente.

3 respostas para Lights in the Darkness: Rally Monte Carlo

  1. Pipe disse:

    Pô, fui voto vencido, rsrsrs, mas o nome tá maneiro mesmo.
    Show o post cara! Demais os carrinhos antigos nesse cenário incrível. Os caras tem q ser muito bons pra pilotarem nessas condições completamente adversas, mas tb deve ser mto divertido. Interessante as pessoas tacarem neve, q doideira, mas tradição é tradição, o co-piloto tinha q ir com um balde de alguma coisa dentro do carro pra tacar de volta em quem jogasse na pista, hehehe.
    Valeu, abraço.

    Curtir

  2. Jose Ferreira disse:

    Sem dúvida, belas fotos histórias do Monte Carlo…
    Gostei de ver.

    Curtir

Os comentários estão encerrados.