Seção Retrô: Senna na Lotus

Já tem um tempinho que a seção Retrô não aparecia por aqui não é mesmo? Pois bem, seus problemas acabaram.

Estava em dúvida entre duas temporadas que seriam retratadas aqui: 0u escolhia a temporada de 85 ou então a de 86. Sabe-se lá porque, eu acabei optando pelo Senna e suas três temporadas (85/86/87) que ele andou pela Lotus. As duas temporadas acabaram ficando para depois.

1985

A primeira temporada de Senna na Lotus aconteceu em 1985. Era apenas a sua segunda temporada e o piloto brasileiro teria um carro para brigar lá na frente.

Na primeira corrida daquele ano, que aconteceu no Rio de Janeiro, Senna abandonou por problemas elétricos. Poirém, logo na sua segunda corrida, Senna provou todo seu valor e talento, fazendo a pole e vencendo o GP de Portugal daquele ano.

Senna deu um show na sua primeira vitória.

Porém, o carro e os motores Renault se mostraram problemáticos  e nos sete GPs seguintes Senna acabou não somando pontos. Desta forma, Senna acabou ficando fora da disputa pelo título.

Já na segunda metade da temporada, Senna obteve sua segunda vitória (e de baixo de chuva novamente) na carreira, no circuito de Spa Francorchamps, sua pista predileta. Senna também conquistou mais outros quatro pódios: dois segundos lugares (Áustria, Europa) e dois terceiros lugares (Holanda, Itália).

Acabou terminando o campeonato na quarta colocação com 38 pontos. Quem levou o título de forma antecipada foi Alain Prost.

1986

Foi a segunda temporada do brasileiro pela Lotus. E novamente Senna venceu a segunda etapa da temporada, só que desta vez era na Espanha. Este GP da Espanha vale um post pela chegada espetacular, com mostra a foto abaixo.

Senna conseguiu segurar o endiabrado Mansell…

…e levou a vitória por essa diferença que você esta vendo aí na foto

Quatro corridas depois, Senna voltou a vencer na temporada. A nova vitória veio no GP dos EUA. Foi a primeira vez que Senna vez o gesto que ficou imortalizado na cabeça de todos os brasileiros. Logo após vencer a corrida, Senna deu a tradicional volta pelo circuito com a bandeira brasileira.

Senna em Spa: seu circuito preferido

Senna obteve também quatro segundos lugares (Brasil, Bélgica, Alemanha e Hungria) dois terceiros lugares (Mônaco, Mexico) um quarto lugar (Portugal) e um quinto lugar (Canadá), terminando a temporada em quarto lugar, com 55 pontos.

Por causa da briga entre Mansell e Piquet, Prost mais uma vez levou o título.

1987

Neste ano, a Lotus passou a contar com os motores Honda. Foi o início do relacionamento do brasileiro com a montadora japonesa. Mantendo a média dos últimos dois campeonatos, Senna obteve dois triunfos: sua primeira vitória em Mônaco e em Detroit, nos EUA. Senna chegou a liderar o mundial deste ano.

Em 87 a Lotus abandona a magnífica combinação Preto e Dourado, mas desfilou com um belo amarelo.

Com quatro segundos lugares (San Marino, Hungria, Itália e Japão) dois terceiros lugares (Inglaterra e Alemanha) um quarto lugar (França) dois quintos lugares (Áustria e Espanha), Senna terminou a temporada em 3º lugar, com 57 pontos. Ficou atrás de Mansell e Piquet, que levou o título daquele ano.

O cara era uma fera na chuva!

Espero que tenham curtido as fotos.

Abraços

Anúncios
Esse post foi publicado em Curiosidades, Esporte, Esportes, formula um, Lotus, Pessoal, Retrô, Seção Retrô, Senna e marcado , , , , . Guardar link permanente.

5 respostas para Seção Retrô: Senna na Lotus

  1. Aroldo disse:

    V i a corrida de jerez 86 ! FOI UMA OBRA PRIMA, NO MELHOR ROTEIRO HOLLYWOODIANO, ATÉ SUPERIOR !

    Curtir

  2. Pipe disse:

    Lindas fotos, ótimo post, parabés cara.
    Queria ter acompanhado essa década de 80 de perto, foi muito maneira, mas só nasci na metade dela. O Senna era realmente impressionante.
    Abraço.

    Curtir

  3. Sergio Luiz disse:

    Gostei do seu blog, muito bem organizado, vou acompanhar e ler sempre que tiver um tempinho.

    []’s

    1K2
    Blog do Play

    Curtir

Os comentários estão encerrados.