Rapidinha: Red Bull liberada

Como estou atolado de serviço, o blog vai ficar meia boca durante os próximos meses. Ou melhor, em um dia ele pode ter mais artigos que o normal e em outros dias talvez eu não atualize.

O assunto que vem dando o que falar nestes dias foi a suspeita de que os carros da Red Bull estariam usando um tipo de suspensão que modifica a altura do carro com relação ao solo. Explicando melhor: dizem as más línguas que o carro da Red Bull, lotado de gasolina ou vazio, mantinha a mesma altura em relação ao solo. Por exemplo, se você colocar mais malas no seu carro, a suspensão tende a dar uma arriada. Na teoria, o mesmo não acontece com os carros da Red Bull, que carregados ou não, eles mantem a mesma altura. E sabemos que a altura do carro em relação ao solo altera consideravelmente a eficência aerodinâmica do carro.

Pois bem, a dona FIA aprovou a suspensão, dizendo que não tem nada de errado e reiterou que qualquer tipo de artifício que modifique o acerto da suspensão é proibido.

“Qualquer sistema ou procedimento com o propósito e/ou o efeito de mudar o acerto da suspensão, enquanto o carro está sob as condições do parque fechado, será considerado como infrator do artigo 34.5 do regulamento esportivo”, diz a nota.

A propósito: a Red Bull não estaria usando suspensão ativa (eletrônica), e sim, uma suspensão que funcionaria mecânicamente através de um conjunto de catracas. Esse tipo de suspensão é bem conhecida do pessoal do tunning, mas só que a da Red Bull seria bem mais sofisticada.

Aí tem truta!

Abraços e até amanhã.

Esse post foi publicado em Esporte, Esportes, formula um, Notícias, Notcias, Rapidinha, Rapidinhas, Red Bull e marcado , . Guardar link permanente.