Seção Retrô: a primeira vitória de Senna

Ayrton Senna sofreu alguns problema com sua Lotus durante os treinos.

Essa história foi publicada no extinto Virtua Box. Como não esta mais disponível para vocês, estou publicando aqui no nosso espaço. Além de ela ser inédita por aqui, ela fazia parte de uma série especialmente criada para o VB, que se chamava Grandes Corridas. São histórias bem conhecidas por vocês, mas que eu escrevi com muito carinho.

A temporada de 1985 prometia ter belas disputas na pista, pois as grandes equipes da época estavam se associando cada vez mais com os fabricantes. Era o caso da Lotus com a Renault, McLaren  com a TAG Porsche e a Brabham com a BMW. A primeira etapa havia sido aqui no Brasil e o vencedor foi Alain Prost, seguido de perto por Alboreto.

A segunda etapa do mundial de 85 aconteceu em Portugal, palco da história de hoje. Era a segunda visita às terras lusitanas em poucos meses, já que a temporada de 84 se encerrou por lá. As condições climáticas em abril não estavam boas, e no dia da corrida fazia frio e chovia. Ayrton Senna, que estava apenas começando sua segunda temporada na categoria, fez a pole com sua Lotus. Foi a primeira do piloto brasileiro. Ao seu lado largaria Prost, com sua McLaren, e em terceiro estava Keke Rosberg, com a Williams.

Momentos antes da largada, começou a chover intensamente. E quem larga na frente com essas condições climáticas tem uma enorme vantagem perante os demais competidores. Ayrton sabia disso e manteve a ponta, seguido por Angelis, que fez uma ótima largada. Senna foi abrindo distância dos demais, colocando três segundos de vantagem logo nas duas primeiras voltas. Dez voltas depois, a distância já era de 12 segundos e assim se manteve.

No grupo que estavam atrás, os grandes nomes cometeram erros e foram abandonando a prova. Patrese, Berger, Rosberg e até Prost sairam da prova por causa de acidentes. E Senna continuava lá na frente, colocando mais de um segundo por volta.

A chuva foi aumentando até que o próprio Ayrton, líder da prova, achou que a corrida deveria ser encerrada, pois era muita água. Mas parecia mesmo que os comissários estavam simplesmente admirando toda a capacidade de pilotagem do brasileiro, que se mantinha na pista com extrema perícia. A corrida continuou até atingir o limite de duas horas.

Senna ganhou sua primeira corrida com uma margem (acreditem) de 62 segundos para o segundo colocado. Era apenas a 17ª corrida do brasileiro, que provava assim, pertencer mesmo a uma classe diferente de pilotos.

Senna no pódio com Alboreto e Tambay, que também fizeram uma grande corrida

Espero que tenham gostado de relembrar a história.

Anúncios
Esse post foi publicado em Curiosidades, Esporte, Esportes, formula um, História, Lotus, Pessoal, Portugal, Retrô, Seção Retrô, Senna e marcado , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Seção Retrô: a primeira vitória de Senna

  1. Pipe disse:

    Ótima história. O cara era incrível mesmo.

    Curtir

  2. o heroi sena disse:

    sena heroi

    Curtir

Os comentários estão encerrados.