MotoGP

Demorou, mas rolou. E como valeu a espera.

Neste final de semana tivemos a primeira etapa do mundial de MotoGP, que foi realizada no Catar. Stoner dominou todo o final de semana, mas a eletrizante corrida terminou da mesma forma que o ano passado, com Valentino Rossi na frente.

Porém, as coisas não foram tão simples assim. A começar pela largada, que foi supreendente. Stoner, Rossi e Lorenzo formavam a primeira fila, mas foi Pedrosa e Hayden que largaram magistralmente. Pedrosa largou em sétimo e assumiu a ponta da corrida, equanto que o americano largou em nono e pulou para o terceiro posto. Stoner largou mal e caiu para o quarto lugar, sendo ultrapassado por Rossi, que chegou a ficar na ponta, mas foi surpreendido por Pedrosa.

A largada foi bastante movimentada.

Ainda na primeira volta, Rossi rouba a ponta de Pedrosa. Na volta seguinte, Pedrosa dá o troco e recupera o primeiro lugar. Neste meio tempo, Stoner iniciava a sua recuperação, ultrapassando Nicky Hayden, seu companheiro na Ducati. Depois foi a vez de Valentino sucumbir ao talentoso australiano. E no início da terceira volta, Dani Pedrosa foi ultrapassado. Mesmo estando na ponta, Stoner não conseguia abrir para Pedrosa, que vinha numa boa disputa com Rossi pelo segundo lugar. Começava a brilhar a estrela do italiano.

Stoner conseguiu ultrapassar Pedrosa e Valentino, mas…

Na quinta volta, Rossi consegue ultrapassar Pedrosa e na volta seguinte ele assistiu a queda de Stoner. Além disso, Daniel Pedrosa não conseguia mais manter o forte ritmo e foi ultrapassado por Dovizioso, Hayden, Lorenzo, Ben Spies e Randy de Puniet.

Com Rossi na frente, Dovizioso e Hayden começam uma grande disputa pelo segundo lugar. Voltas depois, Dovizioso consegue se manter na frente de Hayden e vai a caça de Rossi. Numa briga duríssima, Rossi foi bastante pressionado por Andrea.

Rossi foi bastante pressionado por Andrea Dovizioso durante a prova.

Rossi sendo caçado por Andrea Dovizioso e por Nicky Hayden.

Porém, faltando apenas cinco voltas para o final, Dovizioso diminuiu seu ritmo e acaba sendo ultrapassado por Hayden. A briga continua e ele recupera a posição, duas voltas mais tarde.

Quando parecia que tudo estava resolvido, eis que surge Jorge Lorenzo, para infernizar a vida de Hayden e Dovizioso. Primeiro, ele ultrapassa Hayden e depois, em uma manobra de extremo arrojo, numa disputa que usou toda a pista, Lorenzo supera Andrea Dovizioso e fica com o segundo lugar, conquistando a dobradinha para a Yamaha.

Numa grande prova, Lorenzo acaba ultrapassando Hayden e Dovizioso.

Dovizioso e Hayden fizeram uma corrida eletrizante

Rossi termina em primeiro e o segundo lugar fica com Lorenzo. Dovizioso e Hayden brigaram até o metro final pelo terceiro lugar, mas o italiano da Honda levou a  melhor. Sobrou o quarto lugar para Hayden, que ficou na frente do compatriota Spies, o melhor estreante na corrida. De Puniet, Pedrosa, Colin Edwards, Loris Capirossi e Hiroshi Aoyoma completaram a lista dos 10 primeiros.

Spies foi o melhor entre os estreantes.

Ufa!

Será que vai ser assim o ano todo?

A próxima etapa da MotoGP vai acontecer no Japão, no circuito de Motegi, daqui a duas semanas, no dia 25.

Esse post foi publicado em Catar, Dovizioso, Ducati, Esporte, Esportes, Hayden, Honda, Lorenzo, Moto GP, MotoGP, Notícias, Notcias, Pedrosa, Rossi, Spies, Stoner, Yamaha e marcado , . Guardar link permanente.

3 respostas para MotoGP

  1. Pipe disse:

    Tô com o Bühler, seus resumos são sempre muito bons, a corrida deve ter sido ótima mesmo, até me deu vontade de ter visto. Não podemos deixar de mencionar as belas imagens.
    Abraço.

    Curtir

  2. Marcos Bühler disse:

    Olá, bom dia!
    PARABÉNS pelo belo “site” e informações!
    Continuem informando desta forma permitindo-nos sempre ficar a par daquilo que ainda vier bem como daquilo que já foi, mesmo por que história nunca fez mal a ninguém!
    M. Bühler

    Curtir

Os comentários estão encerrados.