Le Mans Series – 8 Horas de Paul Ricard

Como sempre eu estou meio que atrasado!

Movimentação das 8 Horas de Paul Ricard (8 Heures du Castellet)

Neste final de semana tivemos a primeira etapa da Le Mans Series (LMS), que foi realizada em Paul Ricard, na França.

E quem estreou com sucesso foi a Audi, que colocou na pista um único modelo do esquisito Audi R15 Plus. O carro conduzido por Allan McNish e Rinaldo Capello dominou a corrida e chegou cinco voltas na frente do Aston Martin #009, conduzido por Adrian Fernandez, Harold Primat e Stefan Mucke. O trio formado por Belicchi/Boullion/Smith ficou com a terceira posição, com um Lola B10/60 da equipe Rebellion Racing.

O novo Audi R15 mostrou potencial.

O Aston Martin 009 terminou em segundo.

O terceiro lugar ficou com o Lola LB10/60.

Quem desapontou foi a equipe Oreca, que havia feito a pole com o Peugeot 908. Olivier Panis, Nicolas Lapierre e Stephane Sarrazin vinham bem na corrida, mas Lapierre foi forçado a parar devido à problemas nos dutos de ventilação. Com isso, a equipe perdeu 18 minutos e só conseguiu assegurar o quarto lugar.

Decepção com o time da casa.

Na classe LMP2, a vitória ficou com o HPD da equipe Strakka, que foi conduzido pelo trio Danny Watts, Jonny Kane e Nick Leventis.

O HPD da equipe Strakka levou a melhor na classe LMP2

Na GT2 tivemos uma boa disputa entre a Porsche e Ferrari, enquanto que o novo BMW M3 da equipe Team Schnitzer estava totalmente fora de ritmo. No final tivemos uma grande vitória da equipe Team Felbermayr-Proton Porsche, que conseguiu uma dobradinha. O terceiro lugar ficou com a Ferrari da equipe AF Corse Ferrari, que terminou na mesma volta. O brasileiro Jaime Melo teve problemas com sua Ferrari e abandonou a corrida.

Na GT2, dobradinha da Team Felbermayr-Proton, com o Porsche 911 GT3 RSR

Giancarlo Fisichella, Toni Vilander e Jean Alesi ficaram em terceiro.

O BMW M3 GT2 de Jorg Muller e Dirk Werner não andou o que se esperava.

Na GT1 não temos muito o que falar, já que apenas um carro foi inscrito, o Saleen da equipe Labren Competition. Já na nova classe, a Formula Le Mans,  quem levou a melhor foi equipe Applewood Seven, com Damien Toullemonde/David Zollinger/Ross Zampatti.

O Saleen da equipe Labren Competition foi o único inscrito na classe GT1.

O trio Damien Toullemonde/David Zollinger/Ross Zampatti ficou em primeiro na nova Fórmula Le Mans.

E por falar em F1: a família Mansell ficou em 14º na geral.

Bom, acho que é só.

Abraços

Jorg Muller, Dirk Werner
Esse post foi publicado em 8 Horas de Paul Ricard, 911, 911 GT3, Alesi, Aston Martin, Audi, Belicchi, BMW, Boullion, Capello, Corrida, Esporte, Esportes, Fernandez, Ferrari, Fisichella, Ginetta, Kane, Lapierre, Leventis, LMS, Lola, M3, Mansell, McNish, Mucke, Notícias, Notcias, Panis, Peugeot, Porsche, Primat, Sarrazin, Smith, Toullemonde, Vilander, Watts, Zampatti, Zollinger e marcado , . Guardar link permanente.

3 respostas para Le Mans Series – 8 Horas de Paul Ricard

  1. Pipe disse:

    Esse campeonato é muito bom mesmo, pena não dar pra acompanhar as corridas ao vivo.
    E essa Fórmula Le Mans? Ainda ñ tinha ouvido falar. Acho que eles tinham primeiro incrementar os grids da P2 e da GT1 antes de iniciar outra categoria, ou então acaba com as outras duas, sei lá, mas o que ñ dá é um carro na GT1.
    Parece que a Audi veio com tudo mesmo, mas em Le Mans a situação é diferente, uma coisa é correr 8 horas, outra coisa é correr 24. Vamos ver do que o carro é capaz, mas a princípio entra como favorito.
    Abraço.

    Curtir

  2. Gustavo Oliveira disse:

    Categoria mais legal do mundo! Pena ter poucas etapas.

    Curtir

  3. Será um prenuncio? Será que a Audi este ano vai vencer mais uma edição das 24 Horas de Le Mans? Quem viver verá!

    Curtir

Os comentários estão encerrados.