GP da Turquia – E não é que deu McLaren

É verdade que eu estou pra lá de desatualizado, mas vou fazendo o que posso e o que não devo. Pois muito bem…

Como havia falado, se Vettel fosse mais rápido que Webber…

Pois não é que alemãozinho estava mesmo mais rápido que o australiano? E não foi mesmo que o australiano estava num ritmo mais lento porque tinha que economizar combustível?

Aí é que esta a questão: Webber deveria deixar, ou não, Vettel passar? Nem ele sabia, tanto que ficou no meio do caminho de Vettel, que não esperava tal reação do australiano. O resultado foi a trombada, final de corrida para Vettel e um terceiro lugar para Webber.

Trombada entre os carros da Red Bull.

Vettel ficou a pé depois do toque com Webber.

Bom para a McLaren, que tinha seus dois piotos logo atrás. E aí, a briga ficou ainda melhor. Como Hamilton também diminuiu seu ritmo, Button percebeu que tinha uma boa oportunidade de dar o bote. Porém, Hamilton é um cara que não deixa nada barato. Button ultrapassou Hamilton, que apertou na reta, entraram lado a lado e, no final das contas, Button percebeu que, se não aliviasse, o final da história seria bem semelhante ao da Red Bull. Somou mais alguns pontos e esta firme da disputa pelo campeonato. E a McLaren passou a liderar o mundial de construtores.

Numa bela disputa,  Button bem que tentou, mas…

…Hamilton levou a melhor.

Em quarto chegou Schumacher e Rosberg foi o quinto. A Mercedes não é nenhuma maravilha, mas mostra muita consistência e solidez dentro das suas possibilidades. Uma história bem diferente da Ferrari.

Longe das disputas, Felipe Massa praticamente deu adeus ao campeonato. Burocrático, ficou a corrida toda atrás de Kubica, que vem levando a sua Renault no braço. Por outro lado, mesmo chegando atrás de Massa, Alonso tem mostrado maior capacidade dentro da pista. Tanto, que protagonizou um belo combate com Petrov. Por isso, acho que a Ferrari irá jogar as suas fichas no espanhol.

Kubica se manteve na frente do apático Felipe Massa, que praticamente deu adeus ao campeonato.

Um destaques da prova foi Kobayashi, que finalmente chegou aos pontos. Outro destaque positivo foi Sutil, que vem mostrando talendo na simplória, mas organizada, Force India. De negativo temos a Williams, que até me recuso a comentar.

Kobayashi finalmente marcou os primeiros pontos da Sauber.

A Williams esteve ridícula durante o GP.

Foi uma boa corrida, com disputas interessantíssimas do início ao fim. Como resultado disso tudo, temos um campeonato embolado, com pilotos do naipe de Webber, Button, Hamilton, Vettel e , bem por fora, Alonso, dispostos a fazer algo diferente, de partir pra cima e buscar o resultado.

Canadá promete.

1. Lewis Hamilton – McLaren, 58 voltas em 1h28:47.620
2. Jenson Button – McLaren
3. Mark Webber – Red Bull
4. Michael Schumacher – Mercedes
5. Nico Rosberg – Mercedes
6. Robert Kubica – Renault7. Felipe Massa – Ferrari
8. Fernando Alonso – Ferrari
9. Adrian Sutil – Force India
10. Kamui Kobayashi – Sauber
11. Pedro De la Rosa – Sauber
12. Jaime Alguersuari – Toro Rosso
13. Vitantonio Liuzzi – Force India
14. Rubens Barrichello – Williams
15. Vitaly Petrov – Renault
16. Sébastien Buemi – Toro Rosso
17. Nico Hulkenberg – Williams
18. Timo Glock – Virgin
19. Lucas Di Grassi – Virgin

Não completaram:

. Karun Chandhok – Hispania
. Bruno Senna – Hispania
. Sebastian Vettel – Red Bull
. Heikki Kövalainen – Lotus
. Jarno Trulli – Lotus

Campeonato:

1. Mark Webber – 93 pontos
2. Jenson Button – 88
3. Lewis Hamilton – 84
4. Fernando Alonso – 79
5. Sebastian Vettel – 78
7. Felipe Massa – 67
12. Rubens Barrichello – 7

Abraços

Anúncios
Esse post foi publicado em Alonso, Barrichello, Esporte, Esportes, Ferrari, formula um, Kobayashi, Kubica, Massa, Notícias, Notcias, Petrov, Red Bull, Renault, Sauber, Turquia, Vettel, Webber, Williams e marcado , . Guardar link permanente.

2 respostas para GP da Turquia – E não é que deu McLaren

  1. trindadef1 disse:

    Gostei do Blog cara, legal, visita o meu, quem sabe rola uma parceira! http://trindadef1team.blogspot.com/

    Curtir

Os comentários estão encerrados.