Le Mans 2010 – 1º treino classificatório

Claro que estou meio atrasado com as notícias. Até porque o blog não é site noticioso, é apenas para vocês curtirem as fotos com alguma informação que, as vezes, vai chegar até você com algum detalhe a mais em relação às informações dadas pelos jornalistas de plantão.

A Peugeot já colocou as garras do leão para fora e dominou todo o treino de ontem, com Tião Bourdais fazendo uma volta arrasadora (o único na casa de 3’19”). A volta de Bourdais foi em  3:19.711, que é quase 3 s mais rápido que o melhor tempo de 2009 e apenas cerca de 1 s mais lento que o de 2008. Além disso, os carros oficiais da Peugeot ficaram com o segundo e terceiro tempos na classificação de ontem. Para completar a festa francesa, o Peugeot da Oreca ficou com a quarta posição. Isso mostra a força da Peugeot em construir um grande carro depois das mudanças no regulamento, que impôs maiores restrições aos carros movidos à diesel.

Domínio absoluto da Peugeot: Bourdais deu um pau em todo mundo ao andar na casa de 3:19.

Entre as equipes particulares, o Peugeot da Oreca foi o mais rápido.

Depois do quarteto frances aparece o primeiro Audi, pilotado por Mike Rockenfeller, Timo Bernhard e Romain Dumas. O trio foi quase 4s mais lento de Bourdais. Em seguida, veio o outro R15 plus, pilotado pelo trio Benoit Treluyer, Marcel Fassler e Andre Lotterer.

O primeiro Audi surgiu apenas na quinta posição.

Quando o assunto é gasolina, ninguém andou mais rápido que os Aston Martin da equipe oficial.

Na LMP2, o treino foi comandado pelos protótipos HPD. Danny Watts, Nick Leventis e Jonny Kane, foram os mais rápidos, seguidos de perto pela equipe americana Highcroft Racing. Tomas Erdos (lá fora chamam ele de Tommy), que divide a equipe RML com Andy Wallace e Mike Newton, terminou a sessão na quinta posição.

O HPD da Strakka Racing foi o mais rápido da LMP2

A equipe americana Highcroft Racing ficou com o segundo lugar.

Na classe GT1, o mais rápido foi Tomas Enge, à bordo do lindo Aston Martin da equipe Young Driver AMR. Destaque para os dois Ford GT da Matech. Ambos sofreram pequenos acidentes durante a sessão de treinos livres, mas somente o carro pilotado por Thomas Mutsch sofreu alguns danos no lado direito da traseira. Mesmo com o acidente, Thomas Mutsch obteve para a equipe suíça o 2º melhor tempo na classe, enquanto que o carro ‘feminino’ (já já conto mais sobre isso) só foi melhor que a Lambo da equipe JLOC.

O Aston Martin DBR9 da Young Driver AMR foi o mais rápido da GT1.

Mesmo com o acidente durante os treinos livres, Thomas Mutsch foi o segundo mais rápido.

Só apareceu aqui por causa da labareda.

Já a GT2, como sempre, mostrou o melhor equilíbrio de forças entre os participantes, com os principais pilotos virando tempos muito próximos. A Ferrari F430 da Risi Competizone, pilotada por Jaime Melo Jr., Gianmaria Bruni e Pierre Kaffer, foi o carro mais rápido da categoria, seguido pelo Corvette da equipe oficial pilotado por Oliver Gavin, Emmanuel Collard e Olivier Beretta. O Porsche da equipe IMSA Performace, pilotado porMarc Lieb, Richard Lietz e Wolf Henzler, ficou na terceira posição. Augusto Farfus, que divide a pilotagem do M3 da BMW com Jörg Muller e Uwe Alzen, finalizou em décimo.

A F430 da Risi Competizone e do brasileiro Jaime Melo ficou em primeiro na GT2.

A Corvette mostrou que esta bem adaptada à nova classe e conseguiu o segundo melhor tempo.

Sempre entre os favoritos, o Porsche da IMSA foi o 3º mais rápido.

A BMW M3 de Augusto Farfus Júnior ficou em décimo.

Hoje tem mais.

Abraços

Esse post foi publicado em 24 Horas de Le Mans, 911, Aston Martin, Audi, BMW, Bourdais, Chevrolet, Corvette, Esporte, Esportes, Ferrari, Ford, Ford GT, IMSA, Le Mans, Lola, Notícias, Notcias, Peugeot, Porsche, Saleen e marcado , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Le Mans 2010 – 1º treino classificatório

  1. Pipe disse:

    Belas fotos, cada carro mais lindo do que o outro.

    Curtir

Os comentários estão encerrados.