WRC: Jari-Matti Latvala e Ford Vencem

Correndo de forma irrepreensível no quintal de casa, Latvala devolveu a Ford o gostinho de vitória no WRC. A última vitória da Ford havia aocntecido em maio, quando o próprio Latvala venceu o Rali da Nova Zelândia. Além disso, o finlandês se tornou o piloto mais jovem a ganhar a tradicional prova, desde que esta passou a integrar o calendário do WRC, em 1973.

A espectativa era de que um piloto da Finlândia ganharia a etapa ou então a vitória ficaria com o sempre favorito Loeb. Porém, o multicampeão francês da Citröen bateu com fundo do carro no sábado e isso acabou afetando a parte dianteira. Com isso, Loeb não encontrou mais o equilíbrio necessário durante todo o final de semana.

A primeira especial aconteceu ainda na quinta-feira. Sob intenso e surpreendente calor de 36ºC, Petter Solberg acabou vencendo a etapa, com 1s de vantagem sobre Mikko Hirvonen, da Ford. Em terceiro ficaram Loeb e Latvala, que registraram o mesmo tempo, 1,6 segundos mais lentos que Solberg. Sébastien Ogier, que fez sua primeira prova pela principal equipe da Citröen, ficou em quarto, enquanto Henning Solberg, irmão de Petter, terminou a etapa de Laajavuori na sexta posição. Este equilíbrio de forças mostrado na quinte seria repetido durante a sexta e sábado.

Solberg foi o mais rápido na quinta.

Na sexta-feira, a Ford mostrou que não esta morta e Latvala assumiu a ponta da tabela de tempo. O piloto finlandês abriu quse dez segundos para Solberg, que ocupava a segunda colocação com o seu Citröen particular. Porém, o dia ficou marcado pelo acidente sofrido por Mikko Hirvonen, que até o momento era o mais rápido do dia. Tanto o piloto quanto o navegador, o também finlandês Jarmo Lehtinen, escaparam ilesos, mas tiveram de abandonar a oitava prova do WRC.

Sébastien Ogier surpreendeu e completou as atividades de sexta-feira em terceiro, à frente de seu novo companheiro na equipe, Sébastien Loeb, que sofreu com problemas no seu carro.

Latvala assumiu a ponta na sexta.

Solberg manteve o bom ritmo e terminou o dia em segundo

Ogier superou Loeb e vinha em terceiro.

Daniel Sordo, que foi rebaixado para a equipe júnior da Citröen, chegou a vencer o quinto estágio, não conseguiu manter o ritmo e acabou o dia na quinta posição. Matthew Wilson, guiando pela Ford, fechou em sexto e o veterano tetracampeão Juha Kankkunen em sétimo. Com 51 anos, Kankkunen mostrou que não perdeu a mão.

Kimi Raikkonen terminou o dia na oitava colocação, enquanto que Patrik Andersson e Mads Ostberg completaram a lista dos dez primeiros.

No último dia, Ogier partiu para o ataque e fez grande pressão no final, vencendo três especiais e reduzindo a vantagem para Latvala em 10s1. Mesmo assim, Latvala recuperou o bom ritmo imposto na sexta, se defendeu dos ataques da Citröen, mostrou uma grande força psicológica ao demonstrar que poderia continuar sendo rápido, correr riscos e defender a sua liderança. De forma brilhante, Latvala se sagrou vencedor, deixando para  Ogier o segundo lugar.

Latvala em ação no sábado.

Ogier pressionou mas não conseguiu derrotar Latvala.

Mesmo estando apagado durante os dois dias, Loeb acabou conquistando o terceiro lugar, superando Solberg, que reconheceu a superioridade do time oficial.

“Tentei com todas minhas forças, mas equipes oficiais são equipes oficiais. Fomos rápidos, mas somos uma equipe pequena e fizemos tudo o que foi possível”, lamentou Solberg.

Loeb acabou em terceiro.

Daniel Sordo, que não incomodou e também  não foi incomodado, completou o rali na quinta posição, seguido pelo consistente Matthew Wilson, com o outro Ford. Mads Ostberg, este, com Subaru, fez uma grande prova de recuperção e terminou o dia em sétimo, reconhecendo que este foi a sua melhor prova da carreira.

Outro que estava feliz ao final da prova foi Juha Kankkunen, que terminou em oitavo lugar. Juho Hanninenm, vencedor do SWRC,  e Per-Gunnar Andersson, ambos com Skoda Fabia S2000, completaram o top-10.

Mads Ostberg fez uma grande prova de recuperação.

Com 51 anos, Kankkunen se adaptou bem aos modernos WRC e mostrou todo o seu talento ao terminar o rali em oitavo.

1.  Jari-Matti Latvala  Ford     2h31m29,6s
2.  Sebastien Ogier     Citroen     + 10,1s
3.  Sebastien Loeb      Citroen     + 26,0s
4.  Petter Solberg      Citroen     + 30,7s
5.  Dani Sordo          Citroen   + 1.45,0s
6.  Matthew Wilson      Ford      + 5.43,7s
7.  Mads Ostberg        Subaru    + 5.50,8s
8.  Juha Kankkunen      Ford      + 7.49,0s
9.  Juho Hanninen       Skoda     + 9.05,0s
10.  P-G Andersson       Skoda    + 10.15,7s

Juho Hanninen foi o melhor no SWRC.

Loeb permanece soberano na liderança do WRC, com 166 pontos, 48 a mais que Ogier. Com a vitória deste sábado, Latvala subiu para a terceira posição com 105, enquanto Petter Solberg agora é o quarto, com 90.

A nona etapa do WRC será o Rali da Alemanha, em piso de asfalto, que será realizado entre os dias 20 e 22 de agosto, nos arredores da cidade histórica de Trier.

Abraços

Anúncios
Esse post foi publicado em C4, Citröen, Esporte, Esportes, Fabia, Finlândia, Focus, Ford, Kankkunen, Latvala, Loeb, Notícias, Notcias, Ogier, Ostberg, Rali da Finlândia, Rally, Solberg, Subaru, Subaru Impreza, WRC e marcado , . Guardar link permanente.