Citroen C4 WRC ou Ford Focus WRC: Qual o melhor?

Fonte: Autosport Portugal

Depois do evidente domínio do C4 durante todo o campeonato deste ano, a Ford voltou a sorrir com a vitória conquistada na Finlândia. É bem verdade que o sorriso surgiu mais por causa do domínio apresentado em todo o final de semana do que pela simples vitória, já que Mikko Hirvonen estava liderando a prova antes de sofrer o espetacular acidente e abandonar a prova.

Lógico que o conhecimento das especiais por parte dos pilotos finlandeses da Ford contou muito para o domínio apresentado pela montadora americana. Porém, os carros da Ford venceram quatro das últimas cinco edições da prova finlandesa esse fato nos leva a crer que os carros da Ford se adaptam melhor nas rápidas especiais nórdicas.

Mesmo assim, a vitória alcançada pela Ford não conteve o avanço da Citröen na ponta da tabela, que aumentou a diferença para 55 pontos e esta cada vez mais perto do título. Os carros da montadora francesa foram muito bem na Finlândia, pois atrás do carro da Ford chegaram cinco C4.

Ogier no Rali da Finlândia deste ano.

Mas afinal, qual o melhor carro do WRC atualmente?

A resposta para a pergunta acima não é tão fácil de responder pois existem diversas variáveis que podem ter influênciado os resultados ao longo do tempo. Se compararmos a coexistência dos dois modelos, a partir de janeiro de 2007, concluimos que o C4 venceu por 31 vezes e o Focus apenas 20, mas há outros fatores a serem analisados.

Só que, das 31 vitórias do C4, 30 foram conquistadas por Loeb, enquanto que Ogier conquistou apenas uma. Além disso, quando Gronholm ainda disputava o campeonato pela Ford, as vitórias de Loeb foram mais apertada. Quando os dois tiveram a oportunidade de disputarem o mesmo campeonato, o francês venceu oito ralis e o finlandês cinco, o que significa que com pilotos mais ou menos do mesmo nível as diferenças entre os modelos também não seriam tão grandes.

Marcus Grönholm no Rallye Monte Carlo de 2007: a disputa era mais apertada

Já o jornalista Martin Holmes aponta outros fatores que podem influênciar na questão:

“Primeiro, acredito que a caixa de cinco velocidades não permite que o motor do Focus tenha melhor performance nos ralis com especiais realizadas em altitude muito alta, como no México e na Bulgária, embora isso não explique porque é que os Ford estiveram tão mal em Portugal. Depois, já não há desenvolvimento no motor Ford há muito tempo, dois ou três anos, e gradualmente os seus motores têm-se tornado menos competitivos. A Pipo Moteurs chegou a produzir um desenvolvimento experimental há 18 meses, mas acabou por não ser aprovado pela Ford, simplesmente porque naquele momento a Ford não sabia se iria continuar no Mundial de Ralis . Tudo isto junto, e o fato do Ford ter atingido o pico de desenvolvimento mais cedo, porque o carro  da Citröen nasceu  depois.”, referiu Holmes.

O Focus WRC foi lançado antes do C4 WRC.

Para piorar a situação da Ford, só agora Latvala apresenta alto desempenho e seu companheiro de equipe, Mikko Hirvonen, vem comentendo vários erros. Já a Citröen, além de contar com o Loeb, contam agora com o talentoso Ogier, que tirou o lugar de Sordo (em má fase) na equipe oficial. Como se não bastasse, Petter Solberg tem dado show com seu C4 particular.

Outro fator que desequilibra a balança em favor da Citröen é as vitórias conquistadas no asfalto. Enquanto a Citröen venceu 11 vezes, a Ford não venceu umazinha sequer.

O Ford Focus não vai bem no asfalto.

Mesmo com uma equipe pequena, Solberg vem andando  uma barbaridade.

Ficou claro agora?

Anúncios
Esse post foi publicado em C4, Citröen, Curiosidades, Esporte, Esportes, Focus, Ford, Ford Focus, Grönholm, Hirvonen, Matthew, Ogier, Rali da Finlândia, Rali de Portugal, Rally, Rally Monte Carlo, Solberg, Wilson, WRC e marcado , . Guardar link permanente.