Rapidinhas: F1, WRC e DTM

Como só tenho compromisso à 16:30  vou aproveitar e postar algumas notícias importantes (ou não) que estão pipocando hoje na net.

F1

Acho que a mais importante vem das novas regras da Fórmula Um, que entrarão em vigor na temporada de 2013. Ao que tudo indica, algumas medidas estão sendo estudadas e as que mais chamam a atenção dos fãs do automobilismo é a volta do efeito solo e dos motores turbo. Estas e outras medidas visam melhorar o espetáculo e tornar a categoria mais amigável com as questões ambientais.

Mario Andretti com a Lotus em 1978 (Jarama): o primeiro carro que realmente funcionou com o efeito solo.

O efeito solo estaria ligado aos difusores traseiros, enquanto que os motores partem do princípio do downsize, motores que combinam pequena cilindrada, dispositivos que aumentam a sua potência e consumo de combustível baixo. Os pilotos terão ao seu dispor um motor de 1600 cc, que produzirá cerca de 650cv e contará com injeção direta de combustível. Além disso, o carro contaria com vários sistemas de recuperação de energia. No entanto, apenas poderão utilizar cinco motores por época.

DTM

A outra notícia que eu achei foi que a Nissan estuda a possibilidade de entrar no DTM. Ou melhor, a notícia é mais ou menos isso. Já comentei com vocês, aqui mesmo no blog, sobre a unificação das categorias SuperGT japonês e DTM para 2012.Para aumentar os rumores, o  português Carlos Tavares, Vice-Presidente da Nissan, já revelou que a Nissan tem mantido conversações com a ITR (organizadora do DTM), mas que ainda não haviam chegado à uma decisão. Neste momento, o foco da Nissan é manter-se no FIA GT1 e no Super GT japonês, mas a mesma fonte destaca a importância da Nissan em poder estender-se a outros mercados:

“Tudo o que seja unificar regulamentos que permitam correr em vários lados com a mesma base é positivo. Ter os mesmos regulamentos no Japão, EUA e Europa seria perfeito.”, referiu Carlos Tavares ao Autosport inglês. A Grand-Am também pode entrar neste filme, mas só para 2015, daí a referência a Estados Unidos.

WRC

A última notícia é curta, mas de grande importância porque é quase certo que teremos algumas imagens do MINI WRC.

O bicampeão Mundial de Ralis, Marcus Gronholm, vai testar na próxima semana com o novo Mini Countryman WRC em Portugal. O carro já rodou, num pequeno shakedown, nas instalações da Prodrive, em Warwick, mas o teste em solo português vai marcar a primeira aparição “séria” do carro, que já tem um piloto confirmado para o guiar no próximo ano, Kris Meeke. Este teste de Marcus Gronholm vai ser decisivo na tomada de posição futura do piloto finlandês, que tem um convite da equipe para guiar o carro neste seu primeiro ano de entrada no WRC.

Fonte: Autosport Portugal.

Anúncios
Esse post foi publicado em DTM, Esporte, Esportes, formula um, GT-R, Lotus, Mini, Nissan, Nissan GT-R, Notícias, Notcias, WRC e marcado , . Guardar link permanente.