Intercontinental Le Mans Cup – 1000 Km de Silverstone

A notícia não passou batida. Ela estava escalada para entrar desde segunda, mas não deu porque havia outros assuntos em pauta que furaram a fila. Vamos ver se eu coloco o blog em dia hoje.

Largada dos 1000 Km de Silverstone desde ano. Será a volta da era de ouro do endurance?

Bom, para quem não sabe, teve início no final de semana passado o Intercontinental Le Mans Cup. O ILMC é uma espécie de campeonato mundial de endurance, que  é disputado entre as equipes que participam do Le Mans Series na América, Europa e Ásia. Neste ano nós teremos apenas três etapas: os 1000 Km de Silverstone (que aconteceu no fim de semana passado), 1000 Milhas Petit Le Mans e os 1000 Km de Zuhai (ou será Zhuhai?). Inclusive, a Panoz estará de volta com um novo modelo na etapa americana.

As etapas deste ano são apenas um aperitivo, já que o calendário do ano que vem é bem mais interessante. Além de contar com as três provas deste ano, a temporada de 2011 terá ainda as 12 horas de Sebring, 1000 Km de Spa, as 24 Horas de Le Mans e os 1000 Km de Fuji. Portanto, somente no final de 2011 saberemos qual o grau de sucesso o campeonato vai alcançar.

Para se ter uma idéia da grandeza do ILMC, o campeonato entrará no lugar dos antigos World Sportscar Championship e do World Endurance Championship – WSC/WEC respectivamente – que, depois de 20 anos, ainda estão no imaginário dos fãs do automobilismo. Como esses campeonatos deixaram de existir eu falarei outro dia.

Voltando para Silverstone, a Peugeot se sagrou a grande vencedora da primeira etapa do campeonato. Anthony Davidson e Nicolas Minassian levaram o Peugeot oficial até o final dos 1000 km em pouco mais de cinco horas e alcançaram uma vitória muito especial para a equipe, depois do fracasso apresentado em Le Mans. De quebra, a Peugeot conquistou também o título de construtores do Le Mans Series. Foi a 16ª vitória da carreira do 908.

Mais especial ainda foi o início da prova, digna do resurgimento de um grande campeonato. Largando em terceiro, Davidson superou o primeiro Audi, pilotado por Timo Bernhard, nos primeiro metros da prova. Em primeiro seguia McNish, com o Audi de nº7. Era o início de uma batalha que já entrou para a história.

Os dois pilotos lançaram-se num duelo intenso e apaixonante, que começou em ritmo elevado e que por diversas vezes os dois correram lado a lado no circuito britânico. O piloto da Peugeot acabaria levando a melhor na oitava volta. O duelo foi protagonizado até na 15ª volta, quando McNish tev que abandonar a corrida por causa de problemas elétricos no Audi.

A partir daí foi uma corrida solitária para a dupla da Peugeot, com três bons reabastecimentos, um desempenho sem erros dos dios pilotos e um excelente desempenho dos pneus Michelin, que permitiram ficar o dobro do tempo na pista, mantendo o mesmo nível de desempenho.

Além do Peugeot oficial no lugar mais alto do pódio, a Peugeot também ficou com o segundo lugar, com modelo que pertence à equipe ORECA, pilotado por Nicolas Lapierre e Stéphane Sarrazin. Dessa forma, a ORECA levou o título por equipes de 2010 no LMS. Em terceiro ficou o Audi pilotado pela dupla Timo Bernhard, Rinaldo Capello.

A ORECA completou a dobradinha francesa.

A Audi ficou com o terceiro posto.

Claro que a prova não se resume à classe LMP1. Tivemos ainda a vitória da Strakka Racing na LMP2, Gianmaria Bruni e Jaime Melo (acho que esses caras já ganharam tudo com a F430!) levaram o Ferrari F430 GTC #96 da AF Corse a mais uma vitória na GT2 e a Dams levou na Formula Le Mans (FLM). Na GT1 só tivemos o Saleen, portanto…

A Strakka venceu na LMP2

Mais uma vitória de Mello na GT2

Na Formula Le Mans quem levou foi a Dams

O Saleen da Larbre Competition andou sozinho na GT1.

Espero que eu possa acompanhar mais de perto o campeonato, que pelo visto começou da melhor forma possível. Só assim poderei deixar o blog mais rico em informações e histórias. Se bem que o dia poderia ter umas 40 horas para facilitar.

Para completar o post, vou soltar uma galeria de Wallpapers da prova mais pra frente.

Abraços

Anúncios
Esse post foi publicado em 1000 Km de Silverstone, Audi, Bernhard, Bruni, Capello, Davidson, Esporte, Esportes, Ferrari, GT, GT2, ILMC, Lapierre, Lola, McNish, Melo, Minassian, Notícias, Notcias, Pessoal, Peugeot, Saleen, Sarrazin e marcado , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Intercontinental Le Mans Cup – 1000 Km de Silverstone

  1. Elyeder disse:

    segue um video da manobra..

    muito bem executada…

    Curtir

Os comentários estão encerrados.