WRC: 7x Loeb

Parece que o desempenho discreto na etapa japonesa do WRC foi de propósito. No mínimo foi genial, digno de pessoas especiais.

Sébastien Loeb simplesmente planejou a realização de um sonho: conquistar a etapa do mundial no seu país e dessa forma conquistar o sétimo título mundial. Fora isso, o título foi conquistado na sua cidade natal, correndo praticamente no quintal de casa, correndo aonde começou a sua paixão pelo rali. Planejou ver de perto a emoção de seus maiores fãs, os amigos e familiares,  vibrarem com mais uma vitória (60ª) e com mais um título mundial. De quebra, Loeb e seus companheiros de Citröen deram à amontadora francesa a mesma felicidade que Loeb teve, conquistanto o título de construtores justamente na França.

Logo no primeiro dia, Loeb já demonstrava que não seria fácil atrapalhá-lo no desenvolvimento do seu plano, vencendo 5 das oito especiais do dia e abrindo mais de 20 segundos para Daniel Sordo, também da Citröen. Em terceiro vinha Ogier, completando a trinca francesa.

Os franceses compareceram em grande número para acompanhar mais uma vitória de Loeb.

Dani Sordo só se manteve em segundo.

Mais uma boa exibição de Petter Solberg.

Mesmo realizando testes na França durante a semana que antecedia a etapa, a Ford não se mostrou páreo para o determinado francês multicampeão do mundo. Praticamente Invencível no asfalto, Loeb estava a mais de 40 segundos de Latvala, o melhor da Ford no dia e neste ano.

No segundo dia, Loeb continuou arrasador, colocando mais vinte segundos na conta de Sordo, aumentando a vantagem para 42,8 segundos. O francês teve um desempenho à altura da vantagem e venceu dois estágios, incluindo o longo trecho de 35km entre Ungersberg e Pays D’Ortmont. Dessa forma, Loeb precisava apenas completar duas especiais no domingo, que já sairía com a taça do mundo em suas mãos.

Porém, a Citröen teve duas baixas importantes no dia. Ogier teve que abandonar o rali porque seu C4 teve sérios problemas no amortecedor, que chegou a perfurar o capô do carro, durante o 15º estágio. No mesmo problemático estágio, Kimi Raikkonen também teve que abandonar a disputa por problemas no carro.

Latvala se destacou no terceiro dia.

Hirvonen fez o que podia pela Ford.

Ogier teve graves problemas no segundo dia.

Com a saída de Ogier, Petter Solberg acabou herdando a terceira posição e conseguiu abrir vantagem para o Ford de Jari-Matti Latvala, que acabou rodando quando faltavam apenas duas curvas para o final do dia. Mas a Ford dava sinais de que estaria bem no último dia de competição, com Hirvonen sendo um dos mais rápidos do segundo dia.

No último dia de competição, Loeb apenas manteve a vantagem construida nos dois primeiros dias e venceu a etapa francesa. Como o rali terminava na sua cidade natal, Haguenau, Loeb comemorou o título com uma multidão de fãs ensandecidos.

“Claro que isso faz esse rali especial. É inacreditável poder vencer o sétimo título aqui em Haguenau. Eu não esperava tanta gente. Conquistar o título aqui é a melhor coisa que poderia acontecer neste ano”, disse o gaulês.

O segundo lugar ficou com Dani Sordo, completando a dobradinha da equipe oficial francesa, e Petter Solberg faturou o terceiro posto. O destaque do terceiro dia foi Latvala, que venceu uma série de estágios no asfalto, ponto forte de Loeb. O finlandês terminou a etapa na quarta posição, seguido por Hirvonen, também da Ford.

Mesmo tendo abandonado o rali no sábado, Ogier apareceu em sexto lugar no final do dia. Federico Villagra, Matthew Wilson, Henning Solberg e Patrik Sandell completaram os dez primeiros, com este último garantindo a vitória na classe SWRC.

Yvan Muller, do WTCC, terminou o rali na 43ª posição.

Patrik Sandell venceu pelo SWRC

Armindo Araújo ficou com a vitória pelo PWRC.

A próxima etapa será na Espanha, entre os dias 22 e 24 deste mês.

Mais tarde eu volto e coloco mais fotos.

Anúncios
Esse post foi publicado em Araújo, C4, Citröen, Esporte, Esportes, Evo X, Fabia, Focus, Ford, Ford Focus, França, Hirvonen, JPWRC, Latvala, Loeb, Mitsubishi, Muller, Notícias, Notcias, Ogier, PWRC, Rally, Sandell, Skoda, Skoda Fabia, Solberg, Sordo, WRC, Xsara WRC e marcado , . Guardar link permanente.