GP do Japão: tudo parece ter voltado ao normal

Ou quase isso. A Red Bull voltou a apresentar a velha e ótima forma e dominou todo o final de semana. Do primeiro treino da sexta, passando pela classificação e chegando na bandeirada de domingo, só deu os carros dos energéticos.

A corrida foi até movimentada, mas ninguém ameaçou Vettel durante toda a prova. Logo na largada vimos dois barbeiros em ação: Petrov, o mais braço duro do ano, acertou a traseira da Williams de Hulkenberg e Massa, que é o segundo braço duro do ano, tentou passar Liuzzi aonde não dava. Os quatro tiveram que abandonar a corrida. Isso sem contar com a batida do Di Grassi ainda na volta de apresentação. Mesmo que a equipe diga que não, o carro deve ter quebrado alguma coisa.

Vettel pula na frente na largada enquanto Kubica superava Webber

Massa achou que estava com um cortador de grama. Perdeu o carro e atropelou Liuzzi.

Com essa bagunça na largada, o safety car entrou na pista. Nesse momento a corrida perdeu o cara que estava se destacando neste final de semana. Kubica havia largado muito bem e estava em segudo, só que sua Renault acabou perdendo uma roda traseira e o polonês teve que abandonar.

Depois da saída do polonês, a corrida foi sossegada. Boa briga entre os pilotos da Mercedes, com Rosberg segurando Schumacher. Mas Nico também perdeu uma roda e teve que abandonar.

Claro que tivemos um cara que brilhou durante a corrida. Correndo em casa, Kobayashi deu um show e mostrou o que a galera queria ver naquela madrugada. Passou Alguersuari na marra por duas vezes, não tomou conhecimento de Barrichello e Heidfeld e ainda andou feito doido pela pista. Como é talentoso o japonês.

Boa briga entre Schumi e Rosberg.

Kobayashi salvou o dia!

Enquanto isso, Vettel ia numa boa lá na frente. Webber levou na boa e chegou em segundo e Alonso fez o que podia e cruzou em terceiro. Button chegou a liderar a corrida, é verdade, mas o inglês foi o último a fazer a troca de pneus e quando voltou, estava na mesma posição de antes de começar os pits. Estava lá em quinto, até que Hamilton “perdeu” a 3ª marcha e a quarta posição para o companheiro de equipe.

E foi isso.

1.Sebastian Vettel Red Bull-Renault 1h30min27s323
2.Mark Webber Red Bull-Renault a 0.905
3.Fernando Alonso Ferrari a 2.721
4.Jenson Button McLaren-Mercedes a 13.522
5.Lewis Hamilton McLaren-Mercedes a 39.595
6.Michael Schumacher Mercedes a 59.933
7.Kamui Kobayashi Sauber-Ferrari a 1:04:038
8.Nick Heidfeld Sauber-Ferrari a 1:09.648
9.Rubens Barrichello Williams-Cosworth a 1:10.846
10.Sebastien Buemi Toro Rosso-Ferrari a 1:12.806
11.Jaime Alguersuari Toro Rosso-Ferrari a 1 volta
12.Heikki Kovalainen Lotus-Cosworth a 1 volta
13.Jarno Trulli Lotus-Cosworth a 2 voltas
14.Timo Glock Virgin-Cosworth a 2 voltas
15.Bruno Senna Hispania-Cosworth a 2 voltas
16.Sakon Yamamoto Hispania-Cosworth a 3 voltas

Abraços

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Esporte, Esportes, Felipe Massa, Ferrari, Force India, formula um, Kobayashi, Liuzzi, Massa, Mercedes, Notícias, Notcias, Red Bull, Rosberg, Sauber, Schumacher, Toro Rosso, Vettel, Webber e marcado , . Guardar link permanente.