Rapidinhas: a aposta e a crítica situação da Hispania

Não sei se vocês estão lembrados da aposta que Richard Branson, dono da Virgin, fez com Tony Fernandes, patrão da Lotus. No início do campeonato, Branson apostou com Fernandes que se a Virgin não terminasse o campeonato na frente da concorrente maláia, ele iria se vestir de aeromoça e faria um voo na companhia aérea do concorrente. Pois bem…

Embora a Lotus e a Virgin não tenham marcado pontos no campeonato de estreia, um 12º lugar de Kovalainen no GP do Japão fez com que a Lotus terminasse na frente da Virgin no campeonato de construtores.

A brincadeira já foi marcada e a data ainda será divulgada:

“Agora é a hora de Richard se preparar para um duro momento e a dor dos saltos altos. Chegamos ao acordo domingo à noite. Iremos fazer um voo de caridade entre Kuala Lumpur e Londres”… ” Vamos dar a possibilidade aos nossos fãs e às equipas de estarem presentes neste voo”, acrescentourevelou Tony Fernandes.

Não vejo a hora de ver as fotos do mico.

Enquanto os donos da Virgin e Lotus brincam, a Toyota anunciou ontem que a Hispania não pagou o restante do dinheiro envolvido no contrato de cooperação que havia sido firmado neste ano. A Hispania tinha como objetivo utilizar como base o modelo criado pela fabricante nipônica para a disputa desta temporada, bem como usar partes das instalações da Toyota em Colônia, na Alemanha.

Embora tenha um acerto com a Williams, acho que a Hispania não estará no grid do ano que vem.

Abraços

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Esporte, Esportes, formula um, Hispania, Lotus, Notícias, Notcias, Toyota, Virgin e marcado , . Guardar link permanente.