Nürburgring subiu no telhado?

E a forte crise econômica que abala a Europa bateu forte no circuito mais cultuado da Alemanha, justamente a maior economia do velho continente.

Para entendermos melhor a situação, primeiro precisamos saber o que tem por lá, além do circuito. Temos um grande complexo formado por hotel, centro de convenções, shopping e parque de diversões. E isso tudo é administrado pela  Nürburgring Automotive GmbH, que adquiriu os direitos de concessão de uso em 2010 por 20 anos.

Por causa de uma série de erros na administração dos negócios, além de suspeita de fraudes na construção do complexo e na licitação, governo alemão retomou o controle do complexo para tentar recolocar as coisas nos eixos enquanto não encontra um novo parceiro privado para assumir o inferno verde.

 

A administradora ainda tentou arrumar algum ,13 milhões de euros, com a Comissão Europeia. O pedido foi negado porque a caução seria contra as regras comunitárias de concorrência. Além disso, a empresa também não pode mais pedir ajuda ao governo alemão, pois além de ser considerado um apoio estatal ilegal, o Estado já está sendo investigado pela ajuda anterior.

Ao que pude averiguar (mentira, li no Jalopnik) foram investidos mais de 500 milhões de Euros no complexo e boa parte da grana acabou sendo desviada pelos administradores.

Bom, depois desse rolo todo, o que você realmente quer saber é que a Nürburgring Automotive GmBH subiu sim no telhado, pediu falência e tal coisa. Mas o circuito não será fechado.

Portanto, vida longa ao maior ring de todos.

Inté

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Esporte, Esportes, Inferno Verde, Notícias, Nurburgring e marcado , . Guardar link permanente.