GP de Interlagos: simplesmente eletrizane

É difícil explicar com palavras a corrida que aconteceu ontem em Interlagos. Todos os elementos que um grande filme poderia ter lá estavam presentes. Drama, ação, suspense, emoção, a grande batalha do mais fraco contra os fortões… Teve de tudo, inclusive grandes personagens, com destaque até para os coadjuvantes. A decisão não foi tão apertada como a de 2008, mas foi um grande espetáculo, digno de fechamento da esplendida temporada que nós tivemos o privilégio de poder acompanhar.

E tudo que poderia acontecer de errado com Vettel aconteceu. Parecia que todos e tudo estavam contra a sua conquista, que até ontem era dada como certa. Bastou a corrida começar para que um inferno acontecesse na vida do alemão, mostrando ao mundo que o título ainda não estava decidido e que tudo poderia acontecer. Passou a ser uma loteria, mas no final, o alemão mostrou que tem sorte!

Vettel lutou até contra Webber, seu companheiro de equipe. Aqui, mito japonês passando por eles.

Mesmo depois de ser abarroado por Senna, o alemão conseguiu completar a prova e sagrar-se tri campeão.

 Alonso foi incrivelmente competitivo ao longo da temporada. Fez o impossível com a carroça que a Ferrari lhe deu. Brigou até o último segundo, mas a Red Bull simplesmente entregou um carro fantástico para Vettel nestas últimas provas. O espanhol, que fez a melhor temporada da sua vida, é merecedor do título também, mas infelizmente só pode haver um campeão.

Um dos destaques da prova foi Felipe Massa. O brasileiro mais uma fez mostrou que esta recuperado, que vai ser muito forte no próximo ano. Subiu ao pódio, deu de bandeja o segundo lugar para Alonso, mas acredito que o brasileiro poderia ter ido mais adiante. Terminou em terceiro lugar e não segurou o choro, mostrando que estava travando uma grande batalha com ele mesmo ao longo do ano e que saiu vitorioso depois de tomar tanta porrada durante a primeira metade do ano.

E o que dizer da disputa pela vitória? Hulkenberg e sua simplória Force India liderou uma boa parte da prova, brigando de igual para igual com os ótimos McLarens de Hamilton e Button. McLaren que tinha o melhor carro nos últimos três GPs, batendo de frente com a Red Bull. Grande corrida desse menino, que esta de mudança para a Sauber. Infelizmente ele cometeu um pequeno deslize, perdeu a liderança para Hamilton. Porém, algumas voltas mais tarde, numa manobra corajosa na entrada do “S” do Senna, ele disputou a freada com Hamilton, colocou por dentro, mas a traseira acabou escorregando e acertando o inglês do carro prateado. Hamilton teve que abandonar a prova, enquanto Hulk conseguiu continuar na corrida. Tomou uma punição injusta, diga-se de passagem, e terminou numa honrosa quinta posição.

E Button é o cara que sempre ganha esse tipo de corrida. Ele é fogo nesse tipo de situação extrema.  É verdade que foi beneficiado pelo acidente do companheiro de equipe, mas acidentes acontecem não é mesmo? E você tem que estar no lugar certo, ali, sempre pronto para aproveitar as oportunidades. Foi o que ele fez.

E o que dizer de Kimi? Grande piloto, fez um campeonato em alto nível!  Protagonizou uma das manobras mais bonitas da corrida, colocou por fora na primeira perna do “S” do Senna, em cima de ninguém menos que Schumacher. Disputa roda a roda com o alemão, valendo apenas o 10º lugar! Com o asfalto naquela condição, eu não sei como eles não bateram. E depois, quando deu uma saidinha da pista porque a viseira estava embaçada e suja, deu um pequeno passeio, pensando que conseguiria achar um antigo atalho para voltar a pista.  Só que ali tem um portão, que estava fechado. Ele teve que fazer o caminho todo de volta, inclusive passando pela grama. Claro, fez piada da situação. Peça rara esse cara.

“Onde eu saí da pista, você consegue voltar por meio do pit-lane da corrida de apoio, mas precisa passsar por um portão. Eu sabia disso porque fiz a mesma coisa em 2001, e o portão estava aberto naquele ano. Alguém fechou dessa vez. No ano que vem, vou garantir que esteja aberto de novo.”

Enfim, a corrida sensacional. Campeonato idem.

Anúncios
Esse post foi publicado em Alonso, Button, Curiosidades, Esporte, Esportes, Ferrari, Force India, formula um, Hamilton, Hulkenberg, Interlagos, Kobayashi, Lotus, Massa, McLaren, Mercedes, Pessoal, Red Bull, Renault, Sauber, Schumacher, Vettel, Webber, Williams e marcado , , . Guardar link permanente.