Seção Retrô: Mercedes 300 SL na Panamericana – 1952

Fórmula Total

Neste ano a Mercedes esta comemorando 60 anos da dobradinha do modelo 300 SL na corrida Panamericana. Só para lembrar, o modelo 300 SL também venceu em Le Mans, Nürburgring e em Berna no ano de 1952.

Na época, a prova mexicana era considerada uma das mais duras do mundo. Disputada em estrada aberta nas montanhas do México, era feita quase toda a altitudes superiores a 2000 metros e os acidentes aconteciam com certa regularidade.

A Mercedes preparou três 300 SL, preparando a regulagem dos carburadores para as altas altitudes e aumentar a potência para conseguir 180 cv. Como os carros alemães foram dos primeiros a partir, não tiveram grandes problemas com o desgaste da pista.

A largada aconteceu no dia 19 de novembro de 1952 e a primeira etapa ligou Tuxtla a Oaxaca, com uma distância de 530 quilômetros.  E foi logo no primeiro dia que aconteceu um dos mais famosos…

Ver o post original 149 mais palavras

Anúncios
Esse post foi publicado em Esportes. Bookmark o link permanente.