Aos reaças e aos manifestantes de plantão

Resposta ao cidadão paulistano a favor das “manifestações”.

Discordo em partes. Não estava em São Paulo, mas as manifestações que aconteceram aqui em Vitória não refletem o que foi escrito aqui. Muito pelo contrário.

O transporte daqui, de certa forma, tem qualidade. Ônibus novos e em quantidade não são exceções da minha realidade. Basta acordar mais cedo ou esperar o próximo e você anda pela cidade confortavelmente.  A cidade toda de Vitória tem boa qualidade de vida.

Aqui a briga era outra, além de reclamarem do aumento, eles queriam passe livre. Pois bem, obtiveram tal passe depois de atrasarem a vida de todos várias vezes. Porém, se você for parar para pensar, a passagem “pesa” apenas R$ 25,00 por mês. O que é bem pouco, convenhamos.

Sou trabalhador, sou estudante e dependo do transporte público. Não concordo com quebra-quebra, com ônibus sendo queimados, bens públicos depredados e meu direito de ir e vir roubado.

São pobres? Duvido muito, pois frequentam a Federal daqui. E a grande maioria que frequenta a Federal daqui tem 25,00 reais para torrar na boca de fumo que aquilo lá se transformou depois que o PT pegou nosso país de assalto. A grande maioria ostenta roupas de marca e smartphones modernos, misturado com bandeiras de tais partidos e boinas Che Guevara. A grande maioria estudou em escola particular a vida toda e participam da marcha da maconha. É sempre o mesmo grupinho. O grupinho que te chama de reaça caso tenha opinião diferente da deles.

Eu os chamo de neocomunistas!

Tenho opinião própria, sou apartidário, não recebo dinheiro de ninguém para falar bem ou mal. E a esquerda deste país se transformou numa merda parecida com a direita.

Só isso

Anúncios
Esse post foi publicado em Curiosidades, Notícias, Pessoal e marcado , . Guardar link permanente.